Casa de madeira CASEMA

A CASEMA tem uma concepção muito própria na vertente de qualidade habitacional e de acordo com padrões de vida numa vertente sustentável e ecológica.

A nossa missão passa por construir casas de madeira sustentáveis, em plena harmonia com o meio ambiente, de um modo responsável e ecológico.

Oferecer qualidade de vida aos nossos clientes, bem como contribuir para a qualidade ambiental do nosso planeta, é para nós uma preocupação constante.

Temos sido uma referência no sector, inovando constantemente com elevados padrões de qualidade, no que se refere a utilizar a madeira como matéria prima predominante nas nossas construções.

Nunca esquecendo porém, o gosto dos clientes, a sua necessidade de espaço e o enquadramento estético que cada um idealiza para o seu lar.

Afinal o que é uma casa de madeira CASEMA?

A nossa forma de construção tem em linha de conta as tradicionais técnicas de carpintaria, aliadas à boa qualidade da madeira.

Desde o primeiro dia a CASEMA desenvolveu uma grande esforço de comunicação em prol da imagem destas construções e na explicação do conceito.

De destacar os vários pontos de diferenciação face aos pré-fabricados:

  • Não se pode comparar as casas de madeira construídas pela CASEMA a construções provisórias, devido à sua solidez de construção e alto requinte de acabamento;
  • Altas condições de habitabilidade;
  • Rigor térmico e acústico;
  • Qualidade dos materiais utilizados.

Utilizando encaixe macho-fêmea

Uma das formas que temos de construir é usar um sistema de encaixe macho-fêmea com uso de madeira sempre em forma maciça, tornando as edificações fortes e altamente seguras.

Para este tipo de madeira (madeira exótica) utilizamos o sistema de encaixes, sem utilização de grampos ou pregos, que garante a vedação total, além de segurança e robustez estrutural, também garantidas pela espessura das pranchas de madeira com que a CASEMA compõe as paredes.

Utilizando Wood Frame

Para madeiras mais macias utilizamos o método Wood Frame.

A tecnologia do Wood Frame tem-se tornado cada vez mais comum, especialmente pelas suas características. O sistema permite a construção seca, limpa, rápida, prática e sustentável de edificações de até cinco pisos.

A sua estrutura de perfis leves de madeira maciça travados com chapas estruturais de madeira industrializada do tipo OSB (Oriented Strand Board), formam os painéis estruturais capazes de resistir às cargas verticais (telhados e pavimentos), perpendiculares (ventos) e de corte, transmitindo as cargas até à fundação.

A madeira a ser utilizada deve ser seca, recta, livre de grandes nós e receber tratamento preservativo ao ataque de insectos xilófagos.

30 anos de existência!

As moradias CASEMA têm garantia?

E durabilidade?

As nossas moradias tem uma garantia de construção de 30 anos se forem em madeira exótica e de 10 anos se forem com madeiras mais macias. Valor este, bem superior aos habituais 5 anos oferecidos pelas construções de alvenaria.

Para alem do mais, uma casa de madeira de lei tem a mesma ou superior durabilidade que uma de alvenaria, com menor custo de manutenção.

Exige muito pouca manutenção, pois a mesma restringe-se à renovação da pintura, quando esta se apresentar desgastada, à verificação de tempos em tempos das condições das telhas, calhas e rufos, coisas que, de resto, são comuns em qualquer tipo de construção.

Desta forma consegue-se preservar e manter a beleza e o conforto da madeira com apenas alguns cuidados de manutenção, garantindo-lhe uma durabilidade de gerações.

Uma moradia deste tipo tem bom isolamento térmico e acústico?

Uma moradia em madeira tem a vantagem de ser construída com um produto natural que por si só é um isolante térmico. Em qualquer época do ano a temperatura mantém-se sempre estável e daí advém o conforto térmico.

A realidade é que a madeira é um dos melhores isolantes naturais e isso comprova-se quando se compara com o cimento e o tijolo. A capacidade da madeira de absorver calor é 10 vezes menor que o cimento e 40 vezes menor que o tijolo.

Para alem das óptimas características da madeira face ao isolamento térmico, na construção das moradias CASEMA aplicamos isolamento no interior das paredes que pode ser cortiça ou lã de rocha.

Qualquer um dos dois comporta-se na perfeição ao isolamento térmico e acústico.

A cortiça porque é um composto orgânico e a lã de rocha porque é fabricada a partir de rochas basálticas especiais e outros minerais, que em caso de incêndio não alimenta a combustão.

No caso das próprias madeiras, quanto maior for a densidade da madeira melhor é o seu desempenho na atenuação acústica.

Qual a importância do terreno na elaboração do projecto da moradia?

No que toca a localização do terreno, existem duas questões a clarificar.

A primeira é o facto de ser necessário licença de construção para uma moradia de madeira, tal e qual como uma de alvenaria, pré-fabricada ou modular, pois nada difere no que toca a legislação.

A outra questão tem haver com a orientação solar do terreno, pois o mesmo pode influenciar a posição da zona social da casa, a abertura de janelas, a colocação de zonas vidradas bem como de varandas.

A CASEMA tem sempre este aspecto em conta, ao criar o projecto para os seus clientes, pois pretendemos que as casas tenham o máximo conforto e eficiência energética.

Qual o comportamento da casa de madeira ao fogo?

A eterna questão que se prende com o receio ao fogo das casas de madeira.

Desengane-se se acha que uma casa de madeira tem de ficar junto da instituição de bombeiros local.

Este tipo de casa adapta-se perfeitamente a todo o tipo de terreno e localização, mesmo que seja no meio da floresta, porque, regra geral, quando qualquer casa pega fogo este propaga-se não pela estrutura da casa, mas sim pelo conteúdo do seu interior/exterior.

A casa de madeira por si só não pega fogo. Tanto não pega fogo que é perfeitamente usual os clientes CASEMA quererem colocar uma fonte de calor (lareira, salamandra, recuperador de calor) nas suas casas, porque consideram este tipo de equipamento um grande contributo para um ambiente aconchegante e confortável.

As casas da CASEMA são seguras?

A nível de segurança, quer uma casa feita em madeira quer uma feita em alvenaria, têm o mesmo grau de segurança no que toca a ladrões, pois estes preferem utilizar portas ou janelas para invadir uma casa, do que arrombar uma parede.

A nível de segurança em caso de sismo ou tremor de terra, garantimos uma maior segurança neste tipo de moradia que numa feita em alvenaria, isto porque a madeira é um material mais leve e com uma resistência relativamente elevada, conferindo um bom desempenho em relação às acções sísmicas.

A avaliação do desempenho mostra que nos últimos 150 anos em actos sísmicos, as construções de alvenaria ficaram cerca de 85% danificadas face às construções em madeira que ficaram apenas 5% danificadas.

Não queremos com isto dizer que as estruturas em madeira são à prova de sismo, mas os danos nos edifícios revelam-se em menor escala e por consequência protegendo mais as pessoas.

Ainda tem dúvidas sobre as nossas casas?

Então venha até nós e esclareça todas as outras questões que possa ter e em simultâneo sinta o conforto de uma casa de madeira e fique maravilhado!!

Aguardamos a sua visita! Até breve!